sábado, 24 de setembro de 2011

#Pulseiradosexo: não seja otária!



Para os adolescentes, tudo que instiga e cria desafios, mexe com a adrenalina e os hormônios em desenvolvimento. Imagina você, menina moça, que acha que é um mulherão, usando as pulseirinhas que dizem que você beija de língua, faz oral e mostra o peitinho! Essa é a moda que já está há algum tempo entre os jovens e que muitos pais ainda não se tocaram da bandalheira sexual que nossos jovens entraram. Aliás, ao meu ver, mais uma vez, o menosprezo é em relação à mulher.
Lembra daquelas brincadeiras bobas do tipo “beijo, abraço, aperto de mão”, “salada mista” que viraram “beijo de língua, passada de mão e algo mais”? Pois é, a evolução da sacanagem, claro, é contínua. Tudo que for necessário pra quebrar as regras nessa idade é inventado. Ainda mais no sexo, onde já faz um tempinho, “ficar” virou moda, e depois, quem beijava mais meninas numa festinha era o “the best”. Agora, orgias sexuais, com direito a filme caseiro em sites pornôs com meninas drogadas são a onda. E vamos criar mais alguma coisa para convencer as otárias a fazerem sexo com a gente: criamos pulseirinhas e as instigamos a serem “modernas e liberadas” e assim, se a gente abusar delas, a gente fala que é a culpa da informação que ela passou, pela cor da pulseira! Entendeu pelo que as meninas passam? Por vagabundas!

Haja inocência e falta de vivência.
Sabe onde está o maior absurdo nisso tudo? As meninas de hoje, adolescentes, ainda caem na conversa que sexo é arma de conquista! E assim, não reparam que continuam sendo as putas grátis. Já perceberam como hoje em dia é orgulho pros garotões não irem mais em zonas, como antigamente iam para terem a sua iniciação sexual? Porque o que importa é fazer qualquer coisa pra transar com a menina do colégio, isso sim é ponto de honra, pegar as bem nascidas, de família. Ou seja, inventam artifícios pra seduzirem meninas a serem mulheres com sexo. E as adolescentes caem nessa, porque querem ser amadas, famosas, querem atenção de alguma forma.
Será tão difícil assim entrar na cabeça das adolescentes que:
- exposição sexual na internet (fotos seminuas ou nuas, ou fazendo sexo) só menospreza e diminui o respeito que os outros tem por elas. Ou que tipo de respeito elas querem ter? Que eu saiba, o sonho dourado de toda mulher não é fazer filme pornô, sair na Playboy ou ser uma BBB, que aliás, só com indicação, não se iludam. Ah, além de ser atrativo para tarados, pedófilos e assassinos.
- transar com vários, ser a famosa vagabunda da escola, não trás glória pra ninguém, só adrenalina na hora de fazer. E ser comparada com uma prostituta, eu não acho que seja grandes coisas. Temos ai a Bruna Surfistinha que o diga, ou vocês acham legal a vida dela? Eu acho um lixo ter que mostrar a vida particular de forma explícita para ganhar dinheiro.
- usar qualquer elemento que a torne alvo sexual (como as pulseirinhas, roupas justas, decotadas, expondo seu “sexo”) só atraem pra você pessoas que querem te usar. Não sei se vocês sabem, mas existem diversos casos de estupros e violência sexual contra mulheres apenas pelo modo como se vestem. É um absurdo qualquer violência sexual, mas se a gente puder evitar, não seria mais óbvio? Uma menina foi violentada por 4 homens numa rodoviária porque suava pulseirinha que indicava que ela queria qualquer tipo de sexo. Viu o tipo de coisa que atrai? É Álibi de gente sem moral, que não tem respeito pela mulher, que só querem sexo de você.
Ontem li um comentário aqui no site de uma adolescente de 15 anos, que já foi muito elogiada no sexo, mas que não sente prazer nenhum. Ela não entende o porque disso. Com 15 anos, elogiada no ato sexual...Que indigno ter que ler isso.
Gente! Tudo tem sua hora na vida! A adolescência é a fase de construção do corpo físico, de aprender como entrar na sociedade, de aprender a se dar valor, de conhecer a moral, educação, de seguir para ser alguém na vida, um indivíduo com sentimentos, com vontade própria e não da vontade dos outros!
Adianta ser usada pelos outros e não ter vontade própria? Respeitem seu momento, vivam com intensidade, porque é da idade, mas PENSEM antes de agir nas consequência! É o que os adultos tentam por na cabeça dos filhos quando dizem não, eles querem que você tenha RESPONSABILIDADE, só isso.
Como a mulher pode adquirir o respeito e igualdade que tanto preza, se se deixa usar para fins sexuais, em troca de um suposto amor ou respeito? Pelos relatos de tantas garotas de programa, vocês acham que ser profissional do sexo tem o respeito da sociedade? Não. Essas mulheres sofrem.
Então, meninas, aprendam a se dar valor. Ninguém vai dar se você não fizer por merecer. Use seu cérebro ao invés de sexo sem prazer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário